quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Edição do Cine Cleo fala sobre maternidade
O ano começou e um projeto realizado apenas por mulheres tem ocupado às quintas-feiras da Faculdade de Artes Dulcina de Moraes com muito cinema em janeiro. O melhor: de graça. O Cine Cleo foi idealizado por produtoras, diretoras e realizadoras brasilienses com o intuito de abrir espaço para a exibição de filmes dirigidos por cineastas brasileiras. Com início em outubro de 2017, este ano o projeto chega a sua 6ª edição no próximo dia 18 do janeiro. Desta vez, o tema da sessão girará em torno da maternidade e da quebra das imposições patriarcais e tradicionais relacionadas com o conceito de ser mãe.

Olmo e a Gaivota

A sessão Maternidade Como Campo de Batalha exibirá, na próxima quinta-feira (18/01), a partir das 19h, os curtas-metragens Buscando Helena, de Ana Amélia Macedo e Roberto Berliner (RJ); O Lençol Branco, de Juliana Rojas e Marco Dutra (SP); e o longa-metragem Olmo e a Gaivota, de Petra Costa e Lea Glob (Portugal/Brasil). As produções serão projetadas na sala Conchita da Faculdade de Artes Dulcina de Moraes (Conic – Setor de Diversões Sul). 

Serviço
Cine Cleo (Cineclube das mulheres)
Dia 18 de janeiro (quinta-feira), às 19h.
Em cartaz até agosto de 2018, quinzenalmente, sempre às quintas-feiras, às 19h.
Local: Sala Conchita da Faculdade de Artes Dulcina de Moraes – Conic (SDS)
Entrada franca
Informações: www.facebook.com/cinecleo/
Não recomendado para menores de 16 anos

Todos os conteúdos aqui publicados têm como objetivo a divulgação dos clientes da Baú Comunicação Integrada, portanto, podem ser reproduzidos em jornais impressos, sites, blogs, televisões, rádios e demais veículos de comunicação sem aviso. Pedimos, contudo, que creditem os fotógrafos ao usar as imagens de divulgação. Em caso de dúvidas, não hesite em entrar em contato conosco.

Clipping

A Baú Comunicação Integrada oferece aos seus clientes no final do contrato um clipping. Podemos dizer que o clipping é um processo que consiste no monitoramento constante de matérias jornalísticas, para que sejam coletadas aquelas que fazem menção a uma determinada empresa. Com essas informações devidamente organizadas, é possível elaborar relatórios que auxiliam a empresa a disseminar informações de forma mais planejada, além de serem fundamentais para toda a gestão da informação. Atualmente, as empresas que oferecem esse serviço disponibilizam uma ampla cobertura que pode ir desde os sites e jornais impressos até as rádios e os canais de televisão, isso sem contar no monitoramento de opiniões dos leitores nessas mídias. Dessa forma, é possível que a empresa tome conhecimento de qualquer tipo de veiculação relacionada a ela e acompanhe o desempenho das ações de seu assessor. Fonte: Vinicius Santos, do Dino Blog



Contato
Clara Camarano e Michel Toronaga
61 4101 - 1828 / 1857
Brasília - DF