quinta-feira, 20 de abril de 2017

Dicionário de ritmos dançantes
Zouk – Gênero musical originário das Antilhas Francesas, no Caribe, das ilhas Martinica, Guadalupe e São Francisco. No Brasil, a música zouk é dançada com movimentos parecidos com os da lambada, porém mais suaves.

Kizomba – Estilo musical e de dança africana, que surgiu em Angola em meados dos anos 1980. O ritmo nasceu a partir da fusão do samba, do zouk e de outros gêneros estrangeiros, como o merengue e algumas baladas da Música Popular Brasileira (MPB).


Salsa – A salsa é a mescla de ritmos, tais como o son montuno, o mambo, cha-cha-chá e a rumba cubana. Surgiu depois que a banda La Sonora Matancera saiu de Cuba, durante a revolução cubana e se instalou no México. Porém a salsa foi criada na década de 40 em Havana (Cuba).


Bachata – Ritmo musical e uma dança originários da República Dominicana na década de 60. Considera-se um híbrido do bolero (sobretudo o bolero rítmico) com outras influências musicais como o cha-cha-cha e o tango.

Serviço
5ª edição do Festival Internacional de Entretenimento Latinoafricano (F.I.E.L)
De 20 (quinta-feira) a 25 (terça-feira) de abril de 2017
Local: Vila Velluti Hotel Spa & Convenções (KM 24 da BR-060, sentido Brasília- Goiânia)
Horário: Atividades 24h
Preços para o full pass: R$ 450 (1º lote, valor sujeito à alteração)
Informações: www.vounofiel.com.br

Classificação livre.

Todos os conteúdos aqui publicados têm como objetivo a divulgação dos clientes da Baú Comunicação Integrada, portanto, podem ser reproduzidos em jornais impressos, sites, blogs, televisões, rádios e demais veículos de comunicação sem aviso. Pedimos, contudo, que creditem os fotógrafos ao usar as imagens de divulgação. Em caso de dúvidas, não hesite em entrar em contato conosco.

Clipping

A Baú Comunicação Integrada oferece aos seus clientes no final do contrato um clipping. Podemos dizer que o clipping é um processo que consiste no monitoramento constante de matérias jornalísticas, para que sejam coletadas aquelas que fazem menção a uma determinada empresa. Com essas informações devidamente organizadas, é possível elaborar relatórios que auxiliam a empresa a disseminar informações de forma mais planejada, além de serem fundamentais para toda a gestão da informação. Atualmente, as empresas que oferecem esse serviço disponibilizam uma ampla cobertura que pode ir desde os sites e jornais impressos até as rádios e os canais de televisão, isso sem contar no monitoramento de opiniões dos leitores nessas mídias. Dessa forma, é possível que a empresa tome conhecimento de qualquer tipo de veiculação relacionada a ela e acompanhe o desempenho das ações de seu assessor. Fonte: Vinicius Santos, do Dino Blog



Contato
Clara Camarano e Michel Toronaga
61 4101 - 1828 / 1857
Brasília - DF